domingo, 28 de fevereiro de 2010

Quaresma. Cadê a batera?

Quem espera que este é um post explicativo se engana.
A quaresma começou, tempo voltado à reflexão, à conversão espiritual e mais uma vez faço a mesma pergunta: Porque não pode tocar com bateria na missa?
Anos e anos tocando na igreja e sempre vejo que em algumas paróquias pode e em outras não, logo percebe-se que depende muito do pároco e suas concepeções...
Já procurei pessoas mais experientes, padres, leigos, musicos e até hoje ninguém me deu uma resposta que me convencesse.
Dentre as justicativas mais usadas existe aquela que diz que a quaresma é tempo de reflexão e que não pode haver musicas agitadas na missa.
Daí eu faço uma pergunta: Quem disse que é a bateria que determina se uma música é rápida, lenta, agitada ou não?
O próprio CD da campanha da fraternidade é gravado com bateria nas músicas!
Uma música pode ter seu grau de agitação elevada só com o violão e voz, assim como uma música pode te fazer refletir mesmo com bateria! Escutem Banda Dom, Vida Reluz!
Aos músicos que tocam em paróquias cujo instrumento não pode ser usado, lembre-se sempre: obediência. Aos demais sempre lembrar que estamos em um momento de reflexão, calmaria.
E se alguém souber porque não pode, ainda estou a procura de respostas.


Forte Abraço!

8 comentários:

  1. É amigo... também estou a procura do mesmo. Hoje fui informado que não pode. Já toco a bastante tempo também, e já tive uma época de proibição e outros parocos que não proibiram.
    Tenho a mesma visão e me sinto inclusive discriminado, já que é somente com a bateria, e não com os outros instrumentos. Como você falou, o próprio CD da CF é gravado com bateria e as músicas são muito animadas por sinal...
    Mas é isso.. vou continuar na busca, se souber alguma coisa te aviso.

    Abraço!

    Aldo - Paróquia SSma Trindade - Florianópolis/SC

    ResponderExcluir
  2. kkk... Sou baterista da Igreja Católica de Aiquara-BA. Por razão de o CD da CF ser gravado usando a bateria e conter músicas agitadas, não consigo entender por que não utilizar a bateria durante a Quaresma. A bateria pode inclusive ajudar na reflexão e oração... O barulho às vezes está em nossos corações..!!!

    Abração...

    ResponderExcluir
  3. olha pessoal, há o uso da bateria na hino sim, mas o hino é pra ser tocado durante todo o ano, não apenas na quaresma, mas na quaresma devemos sim apenas ter o necessário na missa, talves vcs não queiram entender por que querem muito tocar, dizer que a bateria ajuda na reflexao é meio estranho, é norma da Igreja Católica, obedeçam, mas se a vontade de tocar é maior do que a obediencia a liturgia, continuem tocando...
    amémmmmm

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Mais um que não consegui explicar.

      Excluir
    2. Mais um que não consegui explicar.

      Excluir
  4. Anônimo, depois de mais de uma ano rrsrs, polêmicas a parte a intenção na verdade é justamente procurar o motivo, os porquês, já que algumas paróquias proíbem e outras não. Acredito q ajudando ou não na reflexão, a bateria não atrapalha se devidamente bem tocada.

    ResponderExcluir
  5. Acontece o mesmo na paróquia onde atuo. Concordo com a retirada da bateria na quaresma por se tratar de um tempo onde prezamos pela simplicidade e recolhimento.
    Fora isso, a acústica de onde tocamos não é boa e a bateria não é microfonada, logo, se tem muito barulho. Mas, de fato, cada caso é um caso e cada pároco tem suas concepções. Abraço.

    ResponderExcluir
  6. Pessoal, estou com o mesmo problema em minha paróquia,o padre diz que a igreja proíbe,mas busquei respostas na cnbb e fui informado que não é proibido , tem que se ter coerência, mas como todos aqui dizem,e eu perguntei,se não pode bateria,não se pode nada,porque todos são instrumentos musicais.Estou no aguardo da resposta de meu bispo, quando tiver retorno aqui

    ResponderExcluir